Agência do Bem é eleita uma das 100 melhores ONGs do Brasil – Agência do Bem
Notícias

Agência do Bem é eleita uma das 100 melhores ONGs do Brasil

Por 5 de janeiro de 2022 Nenhum comentário

No último mês, a Agência do Bem foi eleita como uma das 100 melhores organizações brasileiras do terceiro setor em 2021. O prêmio Melhores ONGs acontece de forma anual e é aberto e gratuito para todas associações e fundações sem fins lucrativos, de qualquer porte e localização geográfica dentro do país.

 O prêmio reconhece, desde 2017, o trabalho fundamental prestado pelas instituições não-governamentais no Brasil. Além disso, ajuda a orientar as doações, alcançando uma grande visibilidade no setor. O fundador da Agência do Bem, Alan Maia, conta um pouco da importância de receber um prêmio como esse: “Integrar o time de organizações eleitas entre as 100 melhores ONGs do Brasil é algo que reflete os 16 anos de trabalho feitos com muito profissionalismo, seriedade, transparência e qualidade”.

Alan também se mostrou extremamente contente por ver a Agência do Bem fazer parte desse seleto grupo: “Para nós, esse reconhecimento nos enche de alegria e orgulho e, de alguma forma, amplia ainda mais a nossa responsabilidade, uma vez que temos uma atuação em rede e nossas boas práticas, realizações e conquistas certamente servem de inspiração para todas aquelas organizações que estão conosco e que fazem parte da rede de trabalho social que a Agência do Bem coordena e articula”.

Já há muita expectativa para 2022, que promete ser um ano recheado de trabalho, novidades e desafios, especialmente para a Agência do Bem que planeja uma expansão das atividades para outras localidades do estado do Rio de Janeiro. “Já neste início do ano, em janeiro e fevereiro, nós temos uma perspectiva de importante ampliação das nossas operações e projetos, chegando em novos territórios e novas comunidades. E o desafio é manter-se como uma organização sustentável, assim como nossa qualidade e nossos projetos eficazes no impacto social que nós desejamos promover. Além de manter relações fortes, sólidas e de confiança com nosso público interno, nossos parceiros, apoiadores e a sociedade de uma maneira geral, porque são por eles que estamos aqui!”, comenta Alan.